English


Published by Mario Persona contato@mariopersona.com.br

Português  
  A stealthy attack from a hidden enemy anthrax
contato@mariopersona.com.br
Um ataque furtivo de um inimigo oculto  
 
 
   
 
 
   
 

When I was in junior high school, my uncle invited me and some of my friends over to his house for supper. For dessert, among other things, was a plate of figs. Yum! Figs and dates and raisins are my favorite dried fruits. They come originally from mid-east countries like Israel, Egypt, Lebanon, Syria, among others.

While we were eating the figs, one of the boys said to my uncle, "We've been studying about bacteria at school. These figs are sweet and sticky. I wonder if we could see any bacteria on them if we looked at them through your microscope?"

Now I knew that moldy cheese, food gone bad and stagnant water all had bacteria, but I was sure dried figs wouldn't have any.

My uncle said, "Let's find out." He brought his microscope out and adjusted it on the table. Then with a razor blade he shaved off a thin layer from the outside of the fig. We all watched closely as he carefully placed the shaving on a glass slide and slipped it in place under the powerful scope. After looking at it through the microscope for a minute or two he said, "Come and see for yourselves."

When it was my turn to look I saw two or three things that were moving. "Ugh! Who'd have thought there were bugs on those figs?" I said in disgust. They looked like bugs to me, but my uncle said they were bacteria.

Bacteria are a tiny form of life. Some are so small that 50,000 lined up in a row would cover only one inch. Yet they are very important, and without them life as we know it could not exist. They are present in water and air, and a teaspoonful of garden soil contains billions of them. They are even in the figs or the hamburger you eat.

Just what do they do? One main purpose is to break down other materials. Bacteria take chemicals from these materials and change them into forms that can be used by other living organisms. For instance, gardeners often make "compost piles" of grass clippings, leaves, kitchen garbage, weeds and other plant material, sometimes adding dirt and manure.

Bacteria attack these materials, and the process of breaking them down generates heat. Different kinds of bacteria work this material over and over and, helped by the heat, change most of it into rich, soft humus. When added to gardens, this humus helps to produce fine crops.

Other kinds of bacteria convert material into ammonia which is picked up by the roots of plants. Some bacteria change materials to carbon dioxide which is released into the air for use by plants and trees. Still other bacteria are used to make butter, cheese, vinegar, yogurt and many other food products.

You have many billions of bacteria inside your body. Most of the body's bacteria are helpful and necessary to maintain life --one of the most important functions being the digestion of food. Without them much of the food you eat could not be used by your body.

But some of the body's bacteria are harmful, causing sickness and disease. Some harmful bacteria live on your teeth and others on your skin when they are not carefully cleaned. Cavities in your teeth are caused by bacteria, and when you cut yourself, those on your skin can cause infection or blood poisoning. And can kill you.

After the terrorist attack to the World Trade Center in New York City (WTC NYC), authorities expected terrorists could use harmful bacteria as their next weapon. It was no longer a question of whether a major bioterrorist attack would occur, but when.

A nuclear bomb is very difficult to produce, but biological weapons are not so difficult to manufacture, especially if the terrorist does not care he will die by manipulating dangerous bacteria. Bioterrorism is distinguished not only by its mode of killing, but also by the potential scale of destruction. Many more can be killed by tinny anthrax spores than by a typical car bomb.

In 1993 the US Office of Technology Assessment (OTA) issued a report on weapons of mass destruction, and anthrax is one of them. Anthrax is a disease of cattle and sheep caused by Bacillus anthracis, and can also kill humans. The pneumonic form kills more than 90 per cent of its victims if left untreated.

Only one hundred kilograms of anthrax spores could kill the population of a entire city in one attack. The government, the army or regular procedures cannot do much to prevent this. It is a hidden enemy that uses no army, no bombs or regular weapons.

A light plane flying over a major city, carrying anthrax spores and equipped with a crop sprayer, could deliver a fatal dose to kill millions. Anthrax spores left in the tunnels of an underground railway system, where wind created by passing trains would dry them and blow them around, could also kill thousands.

Although the US government has adequate plans to cope with floods, earthquakes, or a car bomb, there is no coordinated public health infrastructure to deal with the medical consequences of bioterrorism.

The anthrax spores multiply, and then spread to the tissues, releasing toxins as they go. The first symptoms of anthrax resemble those of flu: headaches, fevers, aching muscles and coughing. Inhalation anthrax infection can start out like a common cold before acute symptoms such as severe breathing problems and shock.

Infection by consuming contaminated food is characterized by inflammation of the intestinal tract, leading to vomiting of blood and severe diarrhea. Antibiotics can cure patients in the earlier stages of the disease. Without antibiotics, death from hemorrhage, respiratory failure or toxic shock follows within a few days.

It is not easy to live knowing there are hidden enemies around you. Terrorists are people like everybody else living in the neighborhood. You never know who they are or what they are going to do. They may even look nice and respectful.

But there is an enemy that is more dangerous than Osama bin Laden or any other terrorist. I am talking about Satan, who does great harm to us. The Bible tells us that he "as a roaring lion, walketh about, seeking whom he may devour" (1 Peter 5:8). Because he is a spiritual enemy, you have to count upon spiritual advice to know where he is and how he acts.

Besides that enemy that is without, there is an enemy within. Anthrax is invisible without a good microscope. So is this other enemy. Worst than a terrorist and even more dangerous than anthrax. I am talking about sin. And we cannot see how it works, without a different kind of microscope, a spiritual one.

"Now, what has the microscope done?" my uncle asked. We all knew that it hadn't done anything except open our eyes so we could see the actual condition of the figs.

"Hey, it's better to know the truth than to be deceived," he said. "But by the looks on your faces, I think you'd rather not know the truth so you could still enjoy the figs!"

I've never forgotten that evening with my uncle, and I sometimes think the Bible is like a microscope for us, because it shows us the truth about everything. It exposes the true condition of our hearts and the true condition of the world in which we live. A world where death is always around us.

One of the things the Bible tells us is that by nature our hearts are "deceitful above all things, and desperately wicked" (Jeremiah 17:9). And the point is that this is true for the terrorist's heart, and it is true for yours and mine as well!

Then it tells us the other side of the truth. "The blood of Jesus Christ His Son cleanseth us from all sin" (1 John 1:7).

If you believe both sides of the truth that God has told us in these verses and honestly receive them into your heart, you will be washed clean from all your sins. This makes you fit for the presence of God in heaven through faith in the Lord Jesus Christ and His precious blood shed on the cross.

Have you let God's microscope expose the truth of what's in your heart? "The heart is deceitful above all things, and desperately wicked: who can know it? I the Lord search the heart." Jeremiah 17:9-10

 

Quando eu estava na escola secundária, meu tio me convidou, junto com alguns de meus amigos, para ir jantar em sua casa. Para sobremesa, entre outras coisas, havia uma bandeja de figos. Huumm! Figos, tâmaras e uvas passas são minhas frutas secas favoritas. Originalmente elas vêm de países como Israel, Egito, Líbano, Síria, entre outros.

Enquanto comíamos os figos, um dos garotos disse a meu tio: "Estivemos estudando sobre bactérias na escola. Estes figos são doces e pegajosos. Será que poderíamos enxergar alguma bactéria neles se olhássemos com seu microscópio?"

Ora, eu sabia que queijo embolorado, comida azeda e água parada tinham bactérias, mas estava certo de que figos secos não deviam ter nenhuma.

Meu tio disse: "Vamos descobrir". Ele trouxe seu microscópio e o ajustou sobre a mesa. Então, com uma lâmina de barbear, cortou uma fina fatia do lado de fora de um figo. Todos observávamos de perto enquanto ele colocava com cuidado a fatia em uma lâmina de vidro e a escorregava no lugar sob a poderosa lente. Após olhar pelo microscópio por um minuto ou dois, ele disse: "Venham e vejam vocês mesmos."

Quando foi a minha vez de olhar, vi duas ou três coisas que estavam se movendo. "Ugh! Quem imaginava que havia bichos nestes figos", comentei com nojo. Eles pareciam bichos para mim, mas meu tio disse que eram bactérias.

Bactérias são pequeninas formas de vida. Algumas são tão pequenas que 50.000 alinhadas em uma fila mediriam menos de três centímetros. Mesmo assim, elas são muito importantes, e sem elas a vida como a conhecemos não existiria. Elas estão presentes na água e no ar, e uma colher de terra do jardim contém bilhões delas. Elas estão até nos figos ou no hamburger que você come.

Mas para que servem? Uma de suas principais funções é quebrar outras substâncias. As bactérias tiram substâncias químicas desses materiais e as transformam em uma forma que possa ser usada por outros organismos vivos. Por exemplo, os jardineiros costumam fazer "montes de composto" com restos de grama, folhas e lixo de cozinha, ervas daninhas e outros materiais vegetais, às vezes adicionando terra e esterco.

As bactérias atacam esses materiais, e o processo de quebrá-los gera calor. Diferentes tipos de bactérias trabalham nesse material continuamente e, ajudadas pelo calor, transforma a maior parte dele em um humus rico e macio. Quando colocado nas hortas, esse humus ajuda a melhorar a produção.

Outros tipos de bactérias convertem o material em amônia que é assimilada pelas raízes das plantas. Algumas bactérias transformam os materiais em dióxido de carbono, que é disperso no ar para ser usado pelas plantas e árvores. Ainda outras bactérias são usadas para fazer manteiga, queijo, vinagre, iogurte e muitos outros produtos alimentícios.

Você tem muitos bilhões de bactérias dentro de seu corpo. A maior parte das bactérias do corpo são benéficas e necessárias para manter a vida -- uma de suas mais importantes funções está na digestão do alimento. Sem elas boa parte da comida que você come não seria aproveitada por seu corpo.

Mas algumas das bactérias do corpo são nocivas, causando doenças e enfermidades. Algumas bactérias nocivas vivem em seus dentes e outras em sua pele quando não são devidamente limpos. As cáries em seus dentes são causadas por bactérias, e quando você se corta, aquelas que estão em sua pele podem causar infecção ou envenenamento do sangue. E podem matá-lo.

Após o ataque terrorista ao World Trade Center em Nova Iorque, as autoridades esperavam que os terroristas poderiam usar bactérias nocivas como sua próxima arma. Já não era mais uma questão se um grande ataque bioterrorista iria acontecer, mas quando.

Uma bomba nuclear é muito difícil de se produzir, mas armas biológicas não são tão difíceis de se fabricar, principalmente se o terrorista não se importar de poder morrer por estar manuseando bactérias perigosas. O bioterrorismo é peculiar não apenas por sua forma de matar, mas também pela escala de destruição em potencial. Muito mais gente pode ser morta por minúsculos esporos de antraz do que com um carro bomba típico.

Em 1993 o US Office of Technology Assessment (OTA) publicou um relatório sobre armas de destruição em massa, e o antraz é uma delas. Antraz é uma doença de bois e ovelhas causada pela Bacillus Anthracis, e pode também matar seres humanos. A forma pneumônica mata mais de 90 por cento de suas vítimas, se não forem tratadas.

Apenas cem quilos de esporos de antraz poderiam matar a população de toda uma cidade em um único ataque. O governo, o exército ou os procedimentos normais não pode fazer muito para evitar isto. Trata-se de um inimigo oculto que não usa exércitos, bombas ou armas convencionais.

Um avião pequeno voando sobre uma grande cidade, levando esporos de antraz e equipado com um pulverizador agrícola, poderia soltar uma dose fatal que mataria milhões. Esporos de antraz deixados nos túneis de um sistema de trens subterrâneos, onde o vento criado pelos trens em movimento poderia secá-los e soprá-los para todos os lados, poderia também matar milhares.

Embora o governo dos EUA tenham planos adequados de tratar com inundações, terremotos, ou um carro bomba, não existe uma infraestrutura de atendimento de saúde pública para tratar das conseqüências médicas do bioterrorismo.

Os esporos de antraz se multiplicam, e então se espalham pelos tecidos, liberando toxinas no processo. Os primeiros sintomas do antraz se assemelham aos da gripe: dores de cabeça, febres, músculos doloridos e tosse. A infecção causada por inalação do antraz pode começar como um resfriado comum antes que apareçam sintomas agudos como graves problemas respiratórios e choque.

A infecção causada pelo consumo de alimento contaminado é caracterizada por inflamação do aparelho intestinal, levando a vômitos de sangue e diarréia crônica. Os antibióticos podem curar os pacientes nos primeiros estágios da doença. Sem antibióticos, a morte causada por hemorragia, insuficiência respiratória ou choque por toxinas acontece em poucos dias.

Não é fácil viver sabendo que existem inimigos escondidos ao seu redor. Terroristas são pessoas como outras quaisquer morando na vizinhança. Você nunca sabe quem eles são ou o que irão fazer. Eles podem até parecer simpáticos respeitáveis.

Mas existe um inimigo que é mais perigoso que Osama bin Laden ou qualquer outro terrorista. Estou falando de Satanás, que nos causa grandes danos. A Bíblia nos diz que ele "anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar." (1 Pedro 5:8). Por ser um inimigo espiritual, você precisa contar com um aconselhamento espiritual para saber onde ele está e como ele age.

Além desse inimigo que está do lado de fora, existe um inimigo que está dentro. Antraz é invisível sem um bom microscópio. Assim é este outro inimigo. Pior que um terrorista e ainda mais perigoso que o antraz. Estou falando do pecado. E não podemos ver como ele age, sem um tipo diferente de microscópio, um microscópio espiritual.

"Então, o que foi que o microscópio fez?", perguntou meu tio. Todos nós sabíamos que ele não havia feito nada além de abrir nossos olhos para que pudéssemos ver a verdadeira condição dos figos.

"Ei! É melhor saber a verdade do que ser enganado", disse ele. "Mas pela expressão de seus rostos, acho que vocês preferiam não conhecer a verdade para continuar saboreando os figos!"

Nunca vou me esquecer daquela noite com meu tio, e às vezes penso na Bíblia como um tipo de microscópio para nós, pois ela nos mostra a verdade sobre todas as coisas. Ela expõe a verdadeira condição de nossos corações e a verdadeira condição do mundo em que vivemos. Um mundo onde a morte sempre nos cerca.

Uma das coisas que a Bíblia diz a nosso respeito é que por natureza nosso coração é "enganoso..., mais do que todas as coisas, e perverso." (Jeremias 17:9). E a questão é que isto é verdadeiro para o coração do terrorista, e é verdadeiro também para o seu coração e o meu!

Depois ela nos mostra o outro lado da verdade. "O sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." (1 João 1:7).

Se você crê em ambos os aspectos da verdade que Deus nos falou nestes versículos e sinceramente recebe isto em seu coração, você será purificado de todos os seus pecados. Isto torna você pronto para estar na presença de Deus no céu, pela fé no Senhor Jesus Cristo, e no Seu sangue precioso derramado na cruz.

Você já permitiu que o microscópio de Deus expusesse o que verdadeiramente existe em seu coração? "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" Jeremias 17:9-10

Para informações sobre o Antraz,
Clique aqui.

 
         
  Tell a friend about this page.
Click here to send him/her the address.
  Conte a um amigo sobre esta página.
Clique aqui para enviar o endereço.
 
 
Dear reader,

This is just another way to tell you that Jesus came to this world to save you. Because He loves you. Just
click here to know how much. Now, what will YOU do about this? Want an idea? Click here.

Before you ask, this is a personal site. It is not related to, nor owned by, any religious group, church, denomination or organization. I am not a pastor, priest or anything like that. I am a person just like you. Because I was a lost sinner and the Lord Jesus found me and saved me, this is the way I found to tell everybody else about Him. Do you want to know how I was saved?
Click here.

Oh, yes, you would like to know if I attend to any kind of church or Christian meetings, right? Ok,
click here to learn how I believe Christians should gather together. This is the way I and others are gathered, in the name of Jesus alone.

Do you have any question or comments?
Click here to send me an email. If you want to know more about the story of this site, click here. If you want to learn more about the Bible, visit Chapter-a-Day and read a daily message. To send this page's address to a friend, use the form below. I am happy you are here.

Mario Persona
contato@mariopersona.com.br

 

 
Prezado leitor,

Esta é apenas uma outra maneira de contar a você que Jesus veio a este mundo para salvar você. Porque Ele ama você.
Clique aqui para saber o quanto. Então, o que VOCÊ fará a respeito? Quer uma idéia? Clique aqui.

Antes que pergunte, este é um site pessoal. Não está ligado, nem pertence, a qualquer grupo religioso, igreja, denominação ou organização. Não sou pastor, padre ou qualquer coisa do gênero. Sou uma pessoa comum como você. Por ter sido um pecador perdido e ter sido encontrado e salvo pelo Senhor Jesus, esta foi a maneira que encontrei de falar dEle a todo mundo. Quer saber como fui salvo?
Clique aqui.

Ah, sim, você deve estar querendo saber se pertenço a algum tipo de igreja ou reunião Cristã, não é mesmo? Então
clique aqui para entender como creio que os Cristãos deveriam se reunir. Esta é a maneira como eu e outros estamos reunidos, ao nome de Jesus somente.

Você tem dúvidas ou comentários?
Clique aqui para enviar-me um e-mail. Se quiser saber mais sobre a história deste site, clique aqui. Se quiser aprender mais sobre a Bíblia, visite Chapter-a-Day e leia uma mensagem diária. Para enviar o endereço desta página a um amigo, use o formulário abaixo. Estou contente que esteja aqui.

Mario Persona
contato@mariopersona.com.br

Dúvidas sobre a Bíblia? Leia o blog "O que respondi".

 
 
 
  Love!
Come, He Loves You - Amor! Venha, Ele Ama Você  
 
 
   
 
 
      Dúvidas sobre a Bíblia? Leia o blog "O que respondi".